Foi lançada nesta terça-feira (10) em Brasília a campanha “Papai Noel dos Correios”. A campanha, realizada há 26 anos, é uma das maiores ações sociais natalinas do Brasil. Além de estimular a redação de cartas manuscritas pelas crianças, a ação incentiva a solidariedade.

Desde 2010, a campanha contempla, além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, as cartas de crianças das escolas da rede pública de ensino (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

A campanha tem como principal objetivo responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Nos últimos três anos, em todo o País, foram recebidos 2,9 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios. Desse total, 1,9 milhão atendia aos critérios da campanha e quase 80% delas foram adotadas, o que equivale a 1,5 milhão de cartas.

Como participar

Para participar, basta comparecer à casa do Papai Noel, na L4 Norte, ou a unidades dos Correios listadas como postos de adoção e escolher uma ou mais cartas. Depois, os presentes são entregues pelos padrinhos nos pontos divulgados pelos Correios, que realizam a entrega para as crianças.

Não é permitida a entrega direta do presente à criança pelo padrinho; As datas e locais para adoção das cartas variam conforme o estado e podem ser conferidas no blog da campanha Papai Noel dos Correios ou pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-725-7282 (demais localidades).

Adote sua cartinha e faça outras crianças felizes também!